Crónicas do autor:

O crivo

A definição de um novo modelo de atribuição das ajudas ao investimento e ao rendimento agrícola devia ser a prioridade política da nova ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque.

Um outro Estado

Se as empresas não gerarem valor acrescentado, Portugal não pode pagar o Estado Social que todos os contribuintes portugueses merecem. Esta parece ser uma verdade de La Palice, mas não ouço nenhum político dizer isto.  

De novo a gestão florestal

Na última edição deste jornal falei de gestão florestal. Na ordem do dia tem estado a temática da limpeza das florestas como forma de prevenir a repetição da tragédia de 2017, em Pedrógão.  

Uma proposta de descentralização

O atual Governo fez da bandeira da descentralização uma das suas prioridades governativas. Como quase sempre acontece em política, das palavras aos atos vai uma distância significativa. E, hoje, ao que se assiste é a uma proposta de descentralizaçã ...

Investir nas regiões de baixa densidade

As regiões de baixa densidade precisam de operar o seu desenvolvimento, assente em instrumentos capazes de potenciar os seus recursos naturais, patrimoniais, culturais e económicos. Como defendi no meu último artigo, um dos instrumentos que devem ...

Fundos de investimento municipal para promover o Interior

As políticas e as medidas para combater a desertificação do Interior já foram todas tentadas e resultaram numa mão-cheia de nada e outra de coisa nenhuma. É tempo de os políticos terem uma abordagem diferente para este problema, que cava cada vez ...

O Interior

O Interior parece ter saído dos discursos governamentais. Durante várias semanas, a discussão do Orçamento de Estado para 2019 ignorou totalmente uma parte substancial do país, onde ainda vivem centenas de milhar de pessoas, de famílias e onde estão ...

Mudar de paradigma

Já todos percebemos que são as empresas que criam emprego e riqueza. A aposta no consumo, como os últimos indicadores macroeconómicos apontam, não é a estratégia mais correta para construir uma economia saudável e sustentada.

A garantia mútua

O financiamento da agricultura portuguesa precisa de um forte e claro sinal de vontade política. Os projetos dos jovens agricultores nacionais, incorporando inovação, novas tecnologias, planos de negócio competentes, visão estratégica e gestão ...

Páginas